PARE DE PROFANAR O SANTO


“… para fazerdes diferença entre o santo e o profano e entre o imundo e o limpo”  (Levítico 10.10.)

  A expressão “e para fazer diferença” em hebraico é o termo, ulahabhdiyl, cuja raiz é o termo, badal. Essa palavra significa “dividir”, “separar”, “selecionar”. Quando Deus faz diferença entre o santo e o profano, ele está fazendo uma divisão entre seus filhos e os filhos da perdição, entre a descendência de Sete e a descendência de Caim, selecionando, assim, aqueles se tornaram dignos de entrar na presença de Deus e tornar-se herdeiro de suas promessas.

Entenda isso crente! Estamos no mundo para dar direção, norte, instrução, para encaminha-los a Cristo e fazer na terra como é nos céus! 
Como podemos fazer isso se nos misturamos com as coisas que alegram o coração e os desejos do mundo? Não me pergunte o que você pode e o que não pode fazer e ensinar aos seus filhos, apenas conheça a Jesus em profundidade, respeite a SUA presença e em seu coração você abrigará o entendimento correto, você saberá o que causa dor ao coração do nosso PAI, você se negará a permanecer trazendo para o seu coração e pra dentro de sua casa aquilo que afasta o nosso fascinante Jesus, aquilo que apaga o Espírito Santo, e te torna um crente da boca pra fora, mas no intimo você sabe e sente que nessa “mistura” você não carrega o poder que Jesus prometeu para “aqueles que o acompanham...” (Marcos 16:17).

Por favor, não machuque o doce espírito, não permita que a sua vida torne-se fria e sem gosto. Existe um poder gerado na busca pelo conhecimento de Cristo, faça algo, mova-se, pois a nuvem está andando! 


Pr. Saulo Moscoso (Min. Sobre Os Joelhos)

Leia também...

Um Anseio Ardente

Em Mateus 11:12 está escrito que Desde os tempos de João Batista os céus são tomados a força (atitude, esforço, foco, batalha), e a pro...

Em Destasque